quinta-feira, 27 de maio de 2010

27ª Maratona de Porto Alegre - 2010


No Domingo 23 de maio de 2010 aconteceu a 27ª maratona Internacional de Porto Alegre.
A organização da prova é da Corpa - Clube de Corredores de Porto Alegre, a retirada do kit devia ser feita até a véspera da corrida sábado Na Loja Win Sports da Av. Nilo Peçanha 2397. A Corpa disponibilizou para os participantes da Maratona translado aeroporto - entrega dos Kits - hotéis conveniados - aeroporto.
A minha chegada no aeroporto fui recepcionado por Staffs da corrida e deixei meu nome, hotel e horário de volta no domingo. Tinha uma Van saindo naquele horário, mas eu fiquei para esperar os amigos que chegariam 1 hora mais tarde. Essa uma hora que passei no aeroporto, não saiu mais nenhuma Van e a quantidade de corredores que chegava só aumentava, quando meus amigos chegaram tinham uns 50 corredores incluindo cadeirantes a espera do transporte oferecido. Como estavamos em 6 pessoas decidimos ir de táxi a ficar esperando sabe lá quanto tempo ainda.Chegamos na loja da retirada do Kit e a loja pequena que mal cabiam 10 pessoas dentro, fora os Staffs que já estavam lá tentando organizar a fila que dobrava dois quarteirões na hora que lá chegamos. Demoramos quase uma hora para entrar na loja, a entrega do kit foi eficiente, bem rápida, não demoramos mais que 3 minutos lá dentro. Fomos almoçar bem perto da loja e duas horas mais tarde já não tinha mais fila alguma para entrar na loja.
Número de peito e de costas
Passamos no local da largada no sábado e estava tudo bem encaminhado. No domingo, chegamos no local e até tinha uma fila no gurda-volumes, mas nada de anormal. Tudo muito rápido e bem organizado. As largadas foram todas pontuais, feminino, cadeirantes e masculino/geral. A temperatura do dia ajudou muito, não estava o frio provável e nem apareceu o sol, ficou um a temperatura amena bem agradável. Os postos de hidratação estavam bem abastecidos e não ouvi nenhuma reclamação de falta de água, o máximo que ouvi foi não ter água gelada em boa parte deles, isso eu também senti falta depois do km 32. Os postos de isotonico, da marca Powerade da Coca-Cola, estavam também bem abastecidos e em grande número, porém entregar essa bebida doce e melada em copinho aberto para quem está correndo não é muito inteligente. Eu mesmo só fui pensar em pegar depois do 4º posto e mesmo assim foi bem dificil beber e correr, a minha reclamação particular nesse quesito é a falta de orientação e bom senso de alguns Staffs, quando eu estava chegando perto do ponto de isotonico, pedi para o rapaz me dar a garrafa que estava na mão dele que seria mais fácil para eu utilizar e ele prontamente disse NÃO! Isso no km 30 de uma maratona. Absurdo no meu ponto de vista. Continuei correndo e no ponto seguinte quando eu já estava sofrendo com cãimbras, o outro Staff me ofereceu a garrafa que estava cheia e gelada, eu nem pedi para não ouvir outro NÃO e ficar enfurecido naquele momento não seria nada bom, até porque eu pensava em abandonar a prova.
Agradeci e continuei tentando voltar a corrida, o que acabou sendo possível e consegui concluir a prova se não no tempo planejado ou com quebra de recorde pessoal, mas ao menos dentro do limite que eu havia estipulado como meta. Na chegada, entrega de chip e troca por medalha, sacolinha de lanche e mais isotonico super fácil, sem problemas. Outra pequena falha por total falta de bom senso das pessoas foi quando pedi gelo na tenda médica, as meninas que estavam enchendo saquinhos com pedras de gelo não queriam me dar um, dizendo que se eu quisesse deveria ficar na fila de espera da massagem que algum massagista faria o uso do gelo. Depois que eu gargalhei na cara delas e eu ia pegar o gelo de qualquer jeito, elas autorizaram. Total despreparo em se tratando de uma MARATONA. A medalha é grande e realmente muito bonita, mas não tem a data e devia ser igual para todas as outras competições que ocorreram, porque tem o nome de todas as provas gravadas na lateral. A parte que eu não gostei e achei muito desmotivante nessa Maratona foi a prova de revezamento na segunda metade da maratona. Quando o meu ritmo começou a diminuir, onde começa a verdadeira maratona pós km 30, apareciam corredores que passavam voando num ritmo muito forte, algo totalmente improvável para quem vem da largada, mas completamente normal para quem está começando a correr os primeiros kms. Isso para mim foi péssimo. Não gosteiNo geral, a Maratona de Porto Alegre é uma corrida muito bem planejada, não a toa está na 27ª edição, e as falhas que vi foram ou por mal planejamento de horário(aeroporto e retirada kit) ou por falha pessoal(pessoas despreparadas para ser Staff em uma Maratona). Quem não corre geralmente não sabe a diferença de uma corrida de 5km ou de uma Maratona, e na Maratona na minha opinião, não dá para fazer charminho.Eu recomendo como uma boa opção de turismo e corrida, mas não acredite que é a mais plana, a melhor, a sei lá o que, Maratona é Maratona e é preciso muito treino para terminar bem a prova.
As novidades na Maratona de Porto Alegre para foram o uso do chip no braço e o numero nas costas. O chip até o momento mostrou-se conforme prometido 100 % confiável, não ouvi nenuhma reclamação a respeito e o meu tempo líquido publicado no resultado foi exatamente identico ao meu relógio, muito bom! A explicação para o número duplo, um no peito e outro nas costas é que é regra para corridas internacionais, o que não ocorre com as "internacionais" da Yescom em São Paulo e Rio de Janeiro. Eu achei estranho no começo ter que correr com número nas costas e até cogitei não usá-lo, mas na prática foi bem interessante porque além do número tinha o nome dos corredores, o que fez com que a prova ficasse mais divertida e interativa, podíamos chamar as pessoas pelo nome e serviu também para identificar os maratonistas "solo" dos "apressadinhos" que passavam voando depois do km 30 e eram do revezamento. Obrigado número nas costas.
@MarcoBoss @Rocha_Eduardo @Leobarefoots e @antoniocolucci

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Maratona Porto Alegre 2010


Medalha e Troféu do final de semana!
Sábado, 22 de maio de 2010
Nesse sábado completou-se exatos 6 meses da Maratona de Curitiba 2009 e logo às 06:00 da manhã estou chegando ao aeroporto de Congonhas SP rumo a Porto Alegre para correr a Maratona no Domingo 23. Check-in rápido e a espera muito sossegada testando o #xingling que fez as fotos a seguir e diversos posts no Twitter durante o final de semana todo.
Ao chegar em Porto Alegre, após sair com um frio considerável de São Paulo, o clima lá estava muito bom, nem calor, nem frio, simplesmente ótimo. Cheguei quase uma hora antes que meu parceiro de corrida e hotel, o Marco Boss e como combinado fiquei no aeroporto esperando por ele e os outros amigos #Twittersrun Guga, Joel e Edu que chegariam no mesmo voo, além deles desembarcaram o pagodeiro Alexandre Pires, uma tal banda Strike, o BBB Dourado e o rapper Cris Brown e tinha um alvoroço no saguão do aeroporto com uma molecada bem estranha que não sabiam exatamente quem eles esperavam. Foi hilário!
Perdi meu frequencimetro no avião, mas por sorte descobri a tempo e o pessoal da TAM foi muito honesto e em 5 minutos consegui recuperar o sutiã do coração. A Van da organização da prova estava demorando muito, e tinham muitos corredores a espera o que iria demorar mais ainda para que conseguissemos a carona, pegamos dois taxis e fomos para a retirada do Kit. A retirada do Kit foi decepcionante, a fila dava voltas no quarteirão e a loja mal cabiam 10 pessoas dentro.
Após a retirada do Kit fomos para o almoço da Confraria Esportiva da Stephanie, muito legal! Parabéns Stephanie, sorte para seu projeto, torço por você! No almoço estavam além da Stephanie, a mãe dela(muito simpatica), a Guga, Edu, Joel, MarcoBoss, Luciano Ultra Sauer, os mineiros Leonardo corredescalço e Eduardo Rocha, depois chegou a turma da CorreBrasil Elson, P.A, Marcão, Toninho e Sidney. Foi muito bom o almoço, eu me abasteci o suficiente para nem jantar depois.
fila do Kit e monumento do caminho(esqueci o nome de novo)
Domingo, 23 de maio de 2010
Chegou o dia, no café da manhã do hotel, encontramos com o Cesinha e combinamos de ir juntos para a largada. Chegamos, fomos ao guarda-volumes e um trotezinho para aquecer, encontrei a turma da CorreBrasil + o Caique tricolor filho do Toninho. Infelizmente não encontrei-os de novo nem na largada, nem durante e nem depois da prova.
Dada a largada feminina às 07:00 e a masculina às 07:15, os cadeirantes sairam às 07:10, tudo pontual e sem maiores problemas, saí com o MarcoBoss com a ideia de manter o ritmo próximo a 05:00 min/km, o 1º devido a muvuca e espaço estreito passamos em 05:10 e os outros até a marca da meia maratona(21km) conseguimos manter sempre abaixo de 05:00, passando pelos 21km em 01:41. A partir daí o MarcoBoss foi embora e eu continuei mantendo o ritmo de 5:00 min/km, porém já sentindo que teria problemas mais para a frente. Cheguei no km 30 com 02:27, o que se eu conseguisse segurar os últimos 12km no ritmo, chegaria em 03:27. Porém comecei a sentir uma fisgada de leve na perna direita e diminui um pouco o ritmo, mesmo assim com sobra para fechar em 03:30. No km 32 fiz as contas e vi que se eu corresse próximo aos 06:00/km ainda chegaria dentro das 03:30. Contas, contas e mais contas para passar o tempo. A parte ruim da Maratona de POA é que paralelamente a prova principal tem uma de revezamento e quando vc já está lá no km 30 aparece alguém muito rápido e te passa e vai embora, aí vc descobre que o cara tá no 5º km ainda.
Psicologicamente é bem ruim, ajuda a quebrar mais rápido, fica desmotivante demais, parece que você parou de correr com os foguetinhos passando, realmente não gostei disso, até porque esse trecho é um deserto, não tem ninguém nas ruas e de repente passa um maluco a milhão.
Voltando a minha prova e as contas, nesse trecho o Eduardo Rocha me alcançou e até deu uma força, consegui acompanhá-lo por uns 2 kms, mas ai não deu mais, meu ritmo foi caindo e o objetivo passou ser terminar a prova. No km 36 comecei a sentir cãimbras, briguei um pouco com a dor, diminiu mais ainda o ritmo até a hora que não deu mais para aguentar e tive que parar, alongar a panturrilha, caminhar um pouco e tentar voltar ao trote. Pensei seriamente em abandonar a prova, mas meu tempo ainda era muito bom, se eu conseguisse voltar a correr a 06:00 ou 06:30 ainda chegaria antes das 03:40(meu tempo em Curitiba). Mas não foi isso que aconteceu, as cãimbras aumentaram e quando tentei mudar a passada, senti uma fisgada na perna esquerda. Parei de novo, alonguei de novo, olhei no relógio, mais contas e nova tentativa de trote, o Leonardo corredescalço me passou e a Yeda logo em seguida também, tentam me dar uma força, mas tá dificil. Penso seriamente em desistir e tento novamente encaixar um trote, faltava menos de 4 km e daria para chegar com menos de 03:45:59(Ranking Maratonistas Contra Relógio- mudei de faixa etária-fiquei velhinho-ganhei mais 5 minutos), fui para o sacrificio já pensando que se não embalasse agora, ia parar. Felizmente consegui dominar as dores e manter um ritmo de 05:40 nos ultimos km, alcancei a Yeda quase no km 42 e fechei a Maratona de Porto Alegre em 03:42(tempo extra oficial do meu GPS). Pós prova voltamos para o Hotel, e combinamos um almoço com os mineirinhos Leonardo corredescalço e Eduardo Rocha, fomos numa churrascaria com um taxista(motóra) carioca maluco de tudo e de lá os três foram direto para o aeroporto e eu fui caminhando até o Gigante da Beira Rio(estádio do Internacional de Porto Alegre).
Inter x SPFC
O estádio tava bem cheio, filas enormes para comprar o ingresso, porém para a torcida visitante tava uma beleza, em menos de 5 minutos eu estava dentro do estádio e ainda faltava quase meia hora para o ínicio do jogo. O jogo foi bom, o tricolor ganhou de 2 x 0, gols do Hernanes e do Fernandão. E defesas fantásticas do melhor goleiro do Brasil, Rogério Ceni!
Saí faltando 3 minutos para o fim do jogo para dar tempo de passar no Hotel, pegar a mala e ir para o aeroporto. Estava começando um ventinho frio, e não passava nenhum táxi livre, fui trotando de costas para aquecer procurando um táxi. Consegui um e na hora colou um colorado pedindo carona, não vi problemas e ele andou uns 2 km até o shopping onde desceu e ainda pagou a corrida até ali(R$ 6,00). Eu disse ao taxista que se tivesse a Van da corrida, ficaria no Hotel, se não tivesse iria para o aeroporto com ele. Ao chegar na porta do hotel, vejo uma Van escolar no sentido oposto, era a da maratona, fui correndo atrás do motorista e economizei o táxi. Na Van encontrei o Tomaz da Contra Relógio e sua esposa, ele correu e também teve problemas no fim da prova, mas concluiu. Chegamos no aeroporto e não tinha luz lá(Black-out?), a luz chegou junto conosco, fui para o check-in e não os vi mais. Encontrei com a Guga, o Edu e o Joel no saguão e fomos para o embarque, fiquei com eles no portão 8 e quando deixei-os em direção ao meu portão de número 3, a surpresa, dou de cara com os jogadores Hernanes e Jean sentados, parei, parabenizei-os pelo jogo, tirei uma foto deles e na fila para pegar o mesmo avião que eu está o resto da delegação sãopaulina, falei com quase todos, tirei várias fotos e embarquei.
Também estavam no avião o pessoal da Rede Globo que foi cobrir o jogo(Cleber Machado, Caio Ribeiro e Ivan Moré).
Encontrei também com o maratonista Guilherme Maio que voltava da maratona e também teve problemas.
O voo foi tranquilo e no desembarque fiquei marcando o time todo a distância, entrei no ônibus com o Miranda e o Fernandão, parei de frente com o Junior Cesar, Jorge vagner, Hernanes e Jean e ao meu lado Dagoberto, tirei foto de todos, falei do jogo, do meu pequeno #tricolor e pedi uma camisa para o Junior Cesar que disse para pedir ao Dagoberto, o Dagoberto deu uma enrolada e o Junior Cesar apontou para o Hernanes, pedi, ele pensou um pouco e abriu a mala, tirou uma sacola preta e me deu. Eu nem acreditei, olhei dentro e estava a camisa 10 dele, que ele tinha usado no jogo e feito o Gol. Nisso o Dagoberto falou que ia dar a dele, mas como o Hernanes tinha sido mais rápido...
Nesse momento eu já nem sabia mais o que falar, descemos do ônibus e no saguão ainda conversei com o Fernandão, o Fernandinho, o Rogério Ceni, o Rodrigo Souto, todos muito gente boa e felizes pela vitória e pelo bom jogo em terras gauchas. Na saída ainda encontrei o Jean sendo recepcionado pelo filhinho dele e esposa, lembrei do meu pequeno na hora e mais parabéns pelo belo filhote deles.
A cena final, um corintiano uniformizado pedindo para tirar foto com o Rogério Ceni no saguão do aeroporto, tirei um barato dele e elerespon deu que era para o sobrinho a foto, EU só disse uma coisa em alto e bom som que gerou muitas risadas no saguão :
#aisim fomos surpreendidos novamente!
E assim terminou o Domingão que só não foi 1000% perfeito por conta das cãimbras, mas mesmo assim fiquei feliz pela conclusão da maratona sem dores pós parada.
Obrigado a todos que apoiaram e torceram pelo meu desempenho na prova, especialmente a galera do #Twittersrun. E o @marcoboss que finalmente nos conhecemos e foi muito boa companhia na #MaratonaPOA2010 que #Eusubstimei

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Chegou a hora! #MaratonaPOA2010


Sexta feira, 21 de maio de 2010
Chegou a hora, depois de amanhã será a Maratona de Porto Alegre 2010.
Nesse momento estou tomando um café e arrumando a mala, o maior problema que eu estou imaginando para a viagem e principalmente para a corrida é o FRIO.
Para a viagem porque terei que carregar mais peso com casaco, calça, tênis e etc e para a corrida porque odeio correr no frio, prefiro mil vezes o solzão de 40º na cabeça(desde que exista água por perto, é claro) que o vento frio. Vou levar uma capa de chuva plástica para o começo da prova, se o frio persistir ela me acompanhará até o final, vou arriscar apesar de não gostar nada dessa ideia.
Já separei os papeis do avião + kit corrida + endereço hotel + endereço almoço.
Separei o kit Marmita Maratona composto por Gel + Sal(obrigado Yara) + bolachas e outras guloseimas pré e pós prova.
Separado Garmin + cinta sutiã + carregador(es).
Roupa para a corrida com camiseta #Twittersrun + short + meia + tênis e vai também um manguito, sei lá como escreve, emprestado pelo Anderson Zaca que se o frio estiver muito forte será útil.
Hora de colocar tudo perto da mal e ver se não esqueci nada.
Essa semana fiz dois treinos no parque do Ibirapuera, na terça e na quinta só para não esquecer como corria e testar correr no FRIO. Como a ideia era correr pouco pude acelerar desde o começo e tentar manter ao máximo.
Nos dois dias corri 12km em 54 minutos, sendo que na terça eu estava sozinho controlando pelo GPS e mantive a média de 04:30 min/km e na quinta fui com meu irmão e resolvi acelerar um pouco mais no começo, corremos 10km em 44 minutos e para terminar os 12 fizemos os últimos 2 km em 10 minutos. Gostei muito desses dois treinos, nem por pensar na maratona, mas por ter conseguido manter a média e controlar o ritmo do ínicio ao fim.
Na maratona não posso nem pensar em correr nesse ritmo, só se for o sprint final e estiver muito inteiro, o que eu adoraria que acontecesse!
Bom, agradeço o apoio de todos até agora ou via blog ou pelo twitter e chegou a hora.
Espero encontrar com toda a turma que está indo para Porto Alegre antes e depois da Maratona.
O meu objetivo para término da prova é simplesmente terminar, de preferência bem, inteiro e com pernas fortes para poder voltar ao hotel, tomar um bom banho, fechar a conta e ir conhecer o estádio do Beira Rio antes de retornar para São Paulo com mais uma história a ser contada.
Valeu! #Twittersrun

domingo, 16 de maio de 2010

#Twittersrunday II


Sábado e Domingo, 15 e 16 de maio de 2010.
Esse final de semana aconteceu pela 2ª vez o #Twittersrunday, todos os corredores Twiteiros que correram em treinos ou provas informaram seus km percorridos para a totalização da km conjunta.
Data essa que serve como inauguração do site dos #Twittersrun que teve participação ativa e afetiva do Cassio, amigo, jornalista, repórter e principalmente corredor. Parabéns Cassio!
Maiores informações sobre o #Twittersrun e o #Twitterunday agora já tem um endereço eletrônico próprio.
Acessem e participem: www.twittersrun.com.br
No sábado, 15, amanheceu frio, bem gelado mesmo, às 07:30 já estava no parque do Ibirapuera, minha contribuição foi de 15km, uma parte com o Rodrigo Spookerlabs, cara muito gente boa que conheci através dos #Twittersrun e outra parte solo encontrando vários amigos/conhecidos correndo pelo parque, entre eles o Luis e o Nelsão garoto.
Até o famoso porquinho do Ibirapuera participou!
No domingo, 16, também de manhã gelada, participei do circuito de corridas de rua da prefeitura de São Paulo - SEME, etapa Cidade Ademar. Ano passado participei e o que era para ter 5km mal teve 3km. Esse ano opercurso continuou o mesmo, mas eram duas voltas, com duas subidas enormes em cada e uma descida absurda no final. Encontrei lá com os #Tw ittersrun @MarcosFeliciano e o Vinicius. No final a corrida teve pelo garmin 5,6 km as duas voltas. Acelerei até o final da 2ª subida quando o GPS apitou 5km com 21:20 e depois desacelerei na descida até o final da corrida, finalizando o trajeto em 24:05. Registrei mais 6km para o #Twittersrunday com arredondamento do aquecimento que foi mais de 1km, totalizando 21km do total percorrido pelos #Twittersrun nesse final de semana tão especial.
Vinicius e Eu pós prova!
Agora é semana decisiva, contagem regressiva para "A" prova do 1º semestre, a #MaratonaPOA2010. Faltam 6 dias!

sábado, 15 de maio de 2010

Graac Corpore 09/05/2010


Domingo, 09 de maio de 2010
No sábado a tarde um amigo me liga e diz que está inscrito na corrida, mas que não poderá nem retirar o kit até às 18:00 e me pede para pegar para ele e correr no dia seguinte se eu quisesse. Eu não estava nem um pouco empolgado com isso, pela data e principalmente pelo horário. Para piorar no sábado esfriou bastante e com chuva a tarde toda e a noite também. Eu disse a ele que pegaria o kit, mas se estivesse chovendo na magrugada de domingo, eu não sairia da cama. Acordei às 05:30 e não ouvi barulo de chuva, fui para a janela e nada de água, só o FRIO, muito FRIO. Já que eu tinha acordado, lá fui eu. Fui de meião para testar o desempenho no frio.
Cheguei cedo, entrei pelo outro lado do parque e fui no trotezinho até a assembléia, deu para suar um pouco e diminuir a sensação térmica, encontrei com muitos amigos, muito papo bom antes das 07:00 da matina.
Às 07:00 foi dada a largada, sai junto com o Laércio conversando e ao chegar ao 1º km em 05:00 minutos eu avisei ele que ia acelerar, era muito cedo para só terminar a prova bem. Acelerei e tentei manter o máximo possível, só teve um trecho um pouco mais lento na subida que é onde tinha um ponto de água e deu uma muvucada, mas mesmo assim não fui ultrapassado por ninguém até a linha de chegada. Finalizei a corrida com tempo ótimo de 44:31, muito além das expectativas, numa boa, sem qualquer reclamação.
PERCURSO PROVA GARMIN
Quanto a prova, só é válida por ser em prol de uma instituição que tem um nome a zelar, o GRAAC, mas que a corpore continua pisando na bola, isso continua.
O horário das 07:00 muitos serão a favor de começar tão cedo, mas se são só 10km e num período que o frio já está presente, acho desnecessário. Por que a Samsung no fim do ano não começa às 07:00? E o que dizer que na semana anterior a NO#Yescom e a RedeGlobo nos obrigaram a largar às 09:00 para a maratona de SP, com um Mega Sol. Vai entender.
No final da corrida do Graac, não tinha isotônico, não tinha jornal, não tinha iogurte, não tinha nada além da água e a banana/maçã/torrone de sempre. O preço foi o mesmo. Que acontece?
VAMOS ACREDITAR QUE ESSES PATROCINADORES NÃO GOSTAM DO GRAAC.
Acabei a corrida, retirei a medalha, olhei para o relógio e não era nem 08:00 da manhã fria de domingo com direito a garoa fina e tudo. Fui para a área das tendas e encontrei vários amigos, fiquei papeando até o final do expediente, na hora do recolhe, e ainda não era 09:30. Voltei pelo parque com o Vinicius e até que deu uma esquentadinha no tempo.
video
Vídeo da chegada. Será que vai funcionar?
E esse Domingo foi também o Dia das Mães! Parabéns e felicidades e todas as mamães e futuras mamães. Vocês merecem! Beijos

domingo, 9 de maio de 2010

A nova geração...


Sábado, 08 de maio de 2010
Chegou o dia mais esperado do ano. A primeira corrida do meu pequeno Diego, 12ª PAKids, a minha expectativa era a maior impossível desde o dia que fiz a inscrição.
E o mais legal de tudo que a exatamente um ano atrás, no dia das mães de 2009 que ele começou a andar bem, sem cair/tombar após alguns passos.
O maior problema que eu imaginava era o horário da corrida, por ele ser da primeira categoria(Fraldinha2008) seria o primeiro a correr, a partir das 08:00 da manhã e para isso precisava estar na pista uma hora antes, logo deveria acordar bem antes das 07:00, algo nada comum para o pequeno dominhoco.
Para aumentar a expectativa fomos a uma festinha na sexta a noite e chegamos em casa bem mais tarde que o horário habitual do sono dele.
Acordamos cedo, o tempo estava ajudando e fomos, ele acordou legal e ficou empolgado que chegou o dia da corrida dele. Pegamos o tio/padrinho e fomos.
Retiramos o kit, e começou a emoção.
Não tenho nem palavras para expressar o sentimento portanto CHEGA!
Só as fotos e o vídeo falam por si. Vejam e Divirtam-se!
Tô Apanhando disso para colocar o vídeo, então acesse A Q U I !
Link para Diversas fotos no site da Webrun A Q U I !

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Maratona de São Paulo NO#Yescom


Segunda feira, 03 de maio de 2010
Nesse domingo 02 de maio tivemos a Maratona de São Paulo, acho que a 16ª edição, na medalha não consta tal informação e não vou procurar para colocar correto aqui porque a DESorganizadora NO#Yescom não faz muito questão dessa informação.
Eu como PROTESTO e parte do meu descontentamento não fiz a inscrição, porém como sempre tem algum desistente por diversos problemas, participei da prova devidamente CHIPADO. O evento em si é muito bom, tem uma energia fantástica, assim como a São Silvestre e a Meia do Rio, muito pelo apelo 'Global' também, mas o mais importante é que corredores se preparam durante meses para debutar ou desfilar nas ruas de São Paulo, fato esse que acaba escondendo muitos dos erros/falhas da Organização. Só quem completa uma maratona sabe a sensação que é, e esses problemas acabam ficando para a história.
Eu me comprometi em correr com a Lilian de Presidente Prudente, o que para mim seria um treino para a Maratona de Porto Alegre e uma alegria enorme acompanhar a xurupita. Cheguei cedo na Ponte Estaiada, encontrei com muitos amigos, diversos #twittersrun, corredores dos 10km, dos 25km e dos 42km, cada um com seu objetivo.
Antes da largada encontrei meu amigo JP que iria fazer o percurso de bike, a Ju e o Ze, a Yara, a Guga, o Edu do runner café, a mineirinha Pat, a Cintia, a AleVanini, o Vinicius, passamos pelo Cassio e o Joel e nada de encontrar a Lilian, até que 5 minutos depois do ínicio da procissão localizei-a e fomos todos para a ponte.
A corrida ia bem, o sol aparecendo cada mais forte, mas nada tão cruel, no começo os postos de água ainda tinham água e estavam geladas, no minimo frescas, porém o tal posto de isotônico não chegava nunca, acho que era para o pessoal que ia correr 25km não beber, apareceu no km 23 e não tinha staff suficiente para encher os copinhos, logo, tinha uma fila enorme e é claro que não paramos, parar ali poderia ser pior. O percurso novo tirou a subida de dentro da USP, mas qualquer que seja o trecho na USP e na Politécnica é realmente entediante, mas com companhia fica um pouco menos chato.
Eu e a Xurupita Foto : andzacarias
Encontramos durante o percurso com a outra xurupita de PP, a Isadora, que terminou em 1º lugar da categoria sua 1ª Maratona! Muito bom Isa!
Acompanhei a Lilian durante 03:35 até o km 36, quando meus pés começaram a fritar com o calor e fiquei comendo mixirica na entrada do túnel, mas como eu havia me comprometido terminar com ela, pedi ao meu amigo de bike para fazer a escolta porque eu ia demorar bastante e ela estava bem, com ritmo constante e só faltavam 30 minutos ou 6km, Eu fiquei. E ficar foi a melhor coisa que eu poderia ter feito, porque com o calor que estava e vendo as pessoas passando mal, caindo pelo caminho eu realmente não ia terminar inteiro, assim pude parar para tentar ajudar os outros ou com água ou chamando o socorro mais preparado para tal. Andei bastante, encontrei mais alguns amigos no caminho e no km 40 parei para tirar o tênis que já não dava mais para aguentar, nesses ultimos km ainda tentei contato com a Debs que prometeu uma SKOL GELADA no km 41, mas nada dela atender o telefone, fiquei só na vontade e cada vez mais devagar curtindo São Paulo, na reta final não tinha mais sombra e o asfalto estava quente, aí tive que voltar a trotar para não queimar a sola dos pés, foi um trote agradavel na reta final, ainda parei para falar um oi para o Harry e a Yara e fui para a chegada quando ouço um chamado, era o Joel Leitão se tornando um MARATONISTA, cruzamos juntos a linha de chegada fazendo pose para fotos, muito legal participar desse momento, ainda mais eu que sempre o incentivei a ir além dos 25 até onde o corpo e a cabeça aguentassem contrarinado a todos os outros. Fiquei realmente Feliz pelo feito dele, agora estaremos juntos em Porto Alegre daqui 3 semanas e lá espero que minha história seja diferente, para isso preciso treinar muito mais.
Imagem Fim de feira Foto : YaraAchoa
A Lilian foi fantástica, manteve o ritmo até o final, completou a prova em 04:10 e agora faz parte do Ranking Brasileiro de Maratonistas! Parabéns XURUPITA!
Parabéns a todos os guerreiros que completaram suas provas nesse domingo, principalmente os estreantes nos 25km e na Maratona, não é para qualquer um começar a correr às 09:00 com sol forte e com o pouco caso que a DESorganizadora NO#Yescom tem com os atletas que não são da elite.