quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

85º Corrida de São Silvestre


Quinta-feira, 31 de dezembro de 2009
Chegou o dia da última corrida do ano, a famosa 'maratona' de São Silvestre, o Brasil inteiro sabe que ela existe e muitos passam o ano todo pensando nela, se preparando, treinando, guardando um dinheirinho, ops, UM DINHEIRÃO, para vir a São Paulo correr a mais famosa de todas as corridas.
Tão famosa que a quantidade de gafes que se ouve por conta dela são inumeráveis, incomparáveis e simplesmente adoráveis. Realmente é : A CORRIDA!
Reza a lenda que as 20.000 inscrições disponibilizadas se esgotaram em 30/11/09, um mês antes da prova. Na prática, certamente serão muito mais que 30.000 pessoas na largada e muitas outras "mils" no percurso aplaudindo, assistindo, dando um força, tirando um sarro, fazendo piadas com os fantasiados e se não estiver chovendo, as tiazinhas da Rua Margarida com suas mangueiras refrescando os corredores. E no resultado final não chega a 15.000 concluintes, mistério!
O percurso tem um grau de dificuldade muito interessante com a descida da consolação no começo, algumas subidas no durante e A SUBIDA no final, a Brigadeiro Luis Antonio que é quase mais famosa que o próprio São Silvestre, repare que o Brigadeiro é homem, chamava Luis Antonio, mas ficou famoso como 'A subida'. Se a corrida cruzasse a Av.Paulista sentido parque Ibirapuera, a brigadeiro seria a maior descida da história de todas as corridas.
Por falar em Av.Paulista, a emoção de avistar e chegar à reta final, aos últimos 200 metros é indescritível, todo corredor deve ao menos uma vez na vida sentir. Os prós dessa tão famosa e festiva corrida são muitos, são tantos que os corredores do Brasil todo e até de outros países fazem de tudo para participar.
Essa será a minha 6ª participação consecutiva e com certeza a última!
No que depender de me inscrever e pagar caro para ser mal tratado, nunca mais.
Se eu estiver em São Paulo nas próximas viradas de ano e com vontade de correr, posso até aparecer na largada e curtir a festa, mas pagando, NUNCA MAIS!
Essa decisão é contra a organizadora de corridas Yescom, que de organizadora tem só o nome, aliás, deveriam mudar para arrecadadora que seria mais correto.
Provavelmente deixarei de participar da Meia Maratona de SP em março, da Maratona de SP em maio e da Sargento Gonzaguinha em dezembro, simplesmente por serem provas da Yescom. Essas corridas que já participei e gostei, eram as excessões da Yescom, mas infelizmente o descaso dos funcionários e a falta de respeito deles para com os corredores me levam a essa decisão. E no que depender de mim, farei questão de fazer a anti-propaganda. Infelizmente, quando a demanda é maior que a oferta e muitos interesses estão em jogo, o lado mais fraco será sempre o lado mais fraco. E no caso da YESCOM, o lado mais fraco somos nós, corredores.
Entre no site da YESCOM, vá no fale conosco e aparecerá uma mensagem que só receberão sua mensagem no dia 04/01/2010, e a resposta poderá demorar o tempo previsto, normalmente 72 horas. Mas sempre que tentei nunca chegou uma resposta em 72 horas, quando chegou. Como assim? Fechado para Festas de fim de Ano no meio da corrida mais importante que eles tem? Só eu que sou chato, ou realmente isso é uma falta de respeito sem tamanho?
E para fechar com chave de ouro, na tarde da véspera da corrida o assunto foi o horário da novelinha teen da RedeGlobo que não pode ser afetado e vão entecipar o horário da largada. Isso sim é respeito, respeito aos anunciantes da emissora dona do país. E quem são mesmo esses 20.000 trouxas? ah é, somos nós, corredores.
O corredor passa o ano inteiro esperando abrir a inscrição, que só pode ser feita pelo site, faz rápido com medo de perder porque sabe que vai esgotar antes do prazo, recebe um email de confirmação muito tempo depois que NÃO SERVE PRA NADA, é obrigado a pagar por boleto bancário porque não existe cartão de crédito(talvez tivessem que aumentar ainda mais o preço), quando vai retirar o Kit é obrigado a ouvir impropérios de uma tal Gabriela ou qualquer coisa assim, que afirma que você está errado e não poderá retirar o kit sem o documento original porque está escrito no regulamento, e que se outras pessoas conseguiram é porque ELA não estava lá, ela é a LEI e tem o regulamento embaixo do braço. Muito obrigado Gabriela, seu regulamento não serviu pra nada também no meu caso, de algum jeito eu consegui concluir minha missão, retirei os kits que você AFIRMOU que eu não conseguiria.
A única coisa boa de toda essa palhaçada que você armou Gabriela, foi ver sua cara quando eu RETIRAVA O KIT, tenha um pouco de bom senso e não passe mais por isso, cérebro foi feito para ser usado GABRIELA, se quiser posso emprestar um para você. Perdi meu tempo, mas adorei sua cara...
Enfim, vamos correr, vamos nos divertir, agora já são quase 02:00 da manhã, tô tomando mais uma cervejinha para não deixar os Chopps do jantar dos #Twittersrun solitários e dormir bem tranquilo.
Que venha o sol, a chuva, que venha a temível brigadeiro, que lá deixarei toda a Zica de 2009 e retornarei na Paulista de alma lavada para um 2010 fantástico! Um super ANO NOVO para todos! Com muitas corridas e todas as realizações possíveis e imagináveis.
Um 2010 sem Yescom e com muitas corridas alternativas para todos nós!
O ponto de encontro dos #Twittersrun na São Silvestre será no estacionamento estapar da Pamplona X Jaú. Apareçam!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal!


Quinta feira 24 de dezembro de 2009.
Gostaria de desejar para todos nós um FELIZ NATAL repleto de paz e alegria.
Que tudo de bom se repita e as coisas que foram ruim sirvam de experiência e vire história.
A todos um Ótimo Natal !!!
Beijos no coração!
Antonio Colucci
@antoniocolucci
#Twittersrun

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Circuito das Estações Adidas Verão SP


Domingo, 20 de dezembro de 2009
Circuito das Estações Adidas Verão - Estádio do Pacaembu/SP
O circuito das estações foi criado com uma ideia muito interessante, a de testar o corredor no mesmo percurso com clima diferente, e quem concluir as 4 estações fecha uma mandala juntando as quatro medalhas de participação, em São Paulo é um percurso duro, com um certo grau de dificuldade, o que para iniciantes na corrida pode ser desanimador, por outro lado chega a ser desafiador para quem quer se testar. Participei pela primeira vez esse ano, na etapa inverno e como o próprio nome sugere, realmente estava frio, muito frio. O que mais gostei foi da estrutura montada dentro do estádio do Pacaembu, além de ser um símbolo muito importante para a cidade de São Paulo e do Brasil, são raras as vezes que podemos entrar e conhecer esses locais públicos, é realmente muito interessante poder utilizar das instalações do estádio, o guarda volumes é dentro do vestiário, a dispersão é ao lado do campo e a premiação é no gramado abaixo do Tobogã.
Depois voltei na estapa da Primavera, estava um clima mais agradavel, não estava frio e também não fez um calor insuportável, era realmente a Primavera, e na avenida pacaembu as árvores nos lembravam que estavámos na estação certa. A mesma organização impecável, com toda a estrutura dentro do estádio.
Neste domingo, 20 de dezembro de 2009 aconteceu a etapa Verão do circuito, para quem fez as três anteriores, que não era meu caso, era o momento de completar a mandala. Cheguei ao estádio do Pacaembu no mesmo horário que as outras vezes, até um pouco mais cedo, e percebi que havia algo diferente, não consegui vaga para estacionar. Para minha surpresa, ao chegar a frente do estádio tudo se explicou, a arena do evento não estava dentro do estádio e sim na praça Charles Miller, local que nas outras etapas podia ser usado como estacionamento. Durante o tempo que estive lá, não ouvi ninguém dar uma satisfaçãodo do por que da mudança. A mudança se deu porque no a tarde aconteceria a final de futebol feminino de um torneio internacional inventado na última hora. O jogo foi Brasil 5 X 2 México com mais um show das meninas brasileiras comandado pela fantástica Marta, eleita pela 4ª vez a melhor do Mundo. Voltando a corrida que só deixou a desejar por essa mudança do local da concentração, e guarda volumes, a data mais uma vez fez jus ao nome da etapa e o sol apareceu forte tornando o percurso mais desafiador.
A largada foi pontualmente às 08:00, sem tumultos, o percurso bem sinalizado, com postos de agua bem localizados e até um posto de isotônico no meio do percurso(não peguei, não posso afirmar se estava gelado) como nas outras etapas. A grande dificuldade do percurso nessa etapa verão é correr 6km no elevado Costa e Silva, popularmente conhecido como minhocão por ser uma avenida suspensa sobre outra avenida no meio de prédios no centro velho de São Paulo e não ter sequer uma arvorezinha para fazer sombra aos corredores, lá o sol pega forte mesmo e castiga de verdade.
De acordo com a ideia do circuito, que participei das últimas três etapas, inverno, primavera e verão, consegui melhorar meu tempo de uma para a outra.
Realmente a unica ressalva que tenho é sobre essa mudança de última hora da localização da arena. Recomendei a corrida para vários amigos dando ênfase na utilização do estádio e lá chegando estava fechado, mas tudo bem, a festa da Marta e cia explicou a situação mais tarde. A classificação final da etapa verão foi :
Masculino
1º Ivanildo Dias de Souza 30:54:45 2º Adriano Bastos 31:06:50 3º Rafael Santos de Novaes 31:12:85 4º Jaime Soares Batista 31:31:55 5º Jose Rodrigues dos Santos 31:37:75
Feminino
1ª Maria Cristina Neves 37:38:00 2ª Elisabeth Esteves 38:39:25 3ª Flaviana Ferreira Chung 39:50:95 4ª Ana Claudia Emperador 39:56:85 5ª Vania Ramos 41:02:75

domingo, 20 de dezembro de 2009

Fim de ano e SS (São Silvestre)


Semana de folga, pós pampulha 06/12 até 19/12/09
Foram quase 15 dias sem treinos, o máximo que me aproximei de corrida nesse período foram dois dias na esteira para finalizar o Estudo de altitude simulada, fui refazer os testes de lactato e de VO2 máx para comparação e finalização da minha participação no estudo.
Obrigado Fernanda pela paciência. Espero que para seu trabalho tenha sido muito útil minha participação, porque para mim foi ótimo, melhorei consideravelmente meus tempos e o que me deixou mais feliz foi atingir meu objetivo imaginado no final do ano passado de concluir uma maratona em até 03:40 nesse ano de 2009.
Além disso diminui em 4 minutos meu tempo nos 10km, em janeiro estava contente com 46'40 e hoje fechei 10km em 42'52. Algo inimaginável no começo do ano.
Nesse período com tanta chuva, corri só um dia no parque do Ibirapuera, 3 voltas no lago, 9 km para ver se ainda lembrava como era e sábado 19/12 fui novamente ao Ibirapuera para um café da manhã muito especial na presença do Maratonista medalha de bronze nas Olimpiadas deAthenas, Vanderlei Cordeiro de Lima, eu já o admirava pelo que conhecia através da mídia, mas depois de conversar com ele, de ouvir a história de vida dele, contada pelo próprio, virei fã.
É um exemplo a ser seguido, só o Brasil mesmo para os esportistas se transformarem em atletas pela vontade e determinação própria, porque se for depender de Governo, estamos mais que desgovernados nessa área.
Parabéns Vanderlei
!
Esse café da manhã foi uma iniciativa da Água Schin, não tenho nenhum vínculo, mas o que é bom deve ser dito. Parabéns Schin! Faça mais que nós agradecemos. Foi bom para encontrar e rever vários amigos corredores e depois demos uma volta correndo no parque com o Vanderlei, muito engraçado tudo isso. Valeu mesmo.
Por falar em engraçado, na quinta-feira dia 17/12 a convite do TwitteiroQuenianoMaluco Anderson dos #Twittersrun fomos Eu, Ele, a Ainá e o Vinicius(amigos #Twittersrun) falar sobre a corrida de São Silvestre na TV Gazeta, no programa Mulheres da Cátia Fonseca, detalhe: AO VIVO! Quem esteve no bate papo conosco foi o ex-corredor e atual treinador/escritor de livro Miguel Sarkis. Foi muito divertido, mas infelizmente ninguém gravou. Vamos tentar arrumar uma cópia com o pessoal da TV Gazeta. Tomara que dê certo!
Eu e a Ainá antes do programa começar, bem antes...
Depois de tantos eventos e de contrariar os mandamentos do Miguel Sarkis, pois não dormi direito, não bebi a quantidade de água que ele recomendou e de esquecer os outros três, fui correr o Circuito das Estações Adidas Verão no Pacaembu e consegui meu melhor tempo no percurso e tbm nos 10km, mas isso fica para o próximo post que não deve demorar tanto.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

XI volta da Pampulha MG BH2O


Domingo, 06 de dezembro de 2009
Essa corrida sempre ouvi falar, na maioria das vezes mal, muito mal principalmete em relação a organização, horário e tudo de ruim que se possa imaginar em virtude da transmissão pela televisão, pouco se importando com os atletas que realmente fazem o espetáculo, ou seja, nós corredores.
Não era realmente um sonho de consumo, mas quando no começo do ano, um grande amigo que está morando em Belo Horizonte a dois anos me informou que teria um herdeiro no meio do ano, na hora combinei que iria correr na Pampulha e aproveitar para conhecer o Bebê dele, e que faria o posível para levar o meu pequeno para ele conhecer.
Quando os #twittersrun começaram a planejar o encontro na #VoltadaPampulha vi que estava na hora de providenciar a minha ida. E assim o fiz. Passagens compradas, inscrição feita, tudo combinado e o sábado chegou, fomos para o aeroporto, tudo no horário, tudo perfeito, sem filas, ter bebe tem suas vantagens. Chegamos em BH na hora prevista e começou a chover, uma garoinha que virou chuva forte várias vezes e transformou a cidade em BH2O.
A retirada do Kit tinha uma fila imensa, absurda, mas por sorte optei em fazer minha inscrição pelos site MinhasInscrições e tinha um balcão exclusivo com um atendente muito gente boa, sem fila e com direito a um boné e uma sacola de brinde. #gostei
No sábado não foi possível fazer muita coisa porque chuva e crianças realmente não combinam e quando são bebes então, é simplesmente inviável. Papo vai, papo vem e decidi que correr mesmo não seria a melhor coisa a se fazer, meu amigo não estava inscrito, está voltando de lesão e cirurgia nos joelhos pós Ironman, falou que iria dar um trotezinho para me acompanhar no dia seguinte. Como a chuva não parava, a melhor coisa a se fazer com os amigos num sabado a noite chuvoso é BEBER, tomamos uns choppinhos enquanto a Pizza ficava pronta e depois para acompanhar a Pizza mais algumas várias cervejas. Essa vida de atleta regrado é que me mata. Fui dormir bebinho quase 02:00 da manhã e acordei para a corrida às 07:00, claro que antes, umas 04:30/05:00 rolou um leitinho pro Bebêzão voltr a dormir, vida de pai é TUDIBÃO!
Fomos pra Pampulha com mais chuva, encontrei os #twittersrun, muitas brincadeiras, momento fama com a ESPN Brasil, tudo muito bom e MAIS CHUVA. Fomos pra largada e saímos para a procissão junto do POLACO, um labrador lindo que me fez lembrar meus "WALKER " e "CARAMELLO", ele estava com numero e chip, procurei depois e ele completou a prova em 02 horas e pouco. Minha corrida foi assim: Larguei na chuva, com meu amigo ao lado de outros #twittersrun e fui acompanhando a procissão, 1º km em 06:20, o 2º e o 3º acima de 05:35 e tava ficando realmente chato, aí resolvi sair para o calçadão e acelerar, já que era a Volta da lagoa, nada melhor que correr com os pés dentro da LAGOA. Fui do 4º km até o 12º km num ritmo entre 04:30 e 04:50 oscilando de acordo com os desvios e os postos de agua. No 13º km avistei e fui conversar com o corredor descalço, seu nome é Leonardo e ele é de BH, minha curiosidade era saber se ele que tinha corrido a Maratona de Curitiba descalço, e era ele mesmo, ficamos conversando num ritmo de 05:00 o km até o km 15, quando resolvemos acelerar os últimos 3 km para 04:36; 04:33 e 04:13.
Terminei abaixo de 01:30, o tempo REALMENTE LIQUIDO, mas muito LIQUIDO mesmo foi de 01:28:58, e põe LIQUIDO nisso. hahaha #NuncaViTantaAguaEmDoisDias
Pós prova ainda dei um tempinho par ver se encontrava com os #twittersrun, mas não vi ninguém e antes que a Pneumonia chegasse fomos embora para encontrar os bebezinhos que não puderam fazer um passeio na Lagoa da Pampulha.
Vou procurar fotos para colocar aqui.
O fim do domingo foi só CHUVA e além dela ficar em BH2O, ela veio me acompanhando para SPagua, hoje é terça e o CAOS aconteceu de tanta CHUVA !!! Eu preciso de SOL. Embolorei!

domingo, 29 de novembro de 2009

Track & Field Run Series 3ª Etapa SP


Domingo, 29 de novembro de 2009
Amanheceu um domingo chuvoso em São Paulo, dia perfeito para não sair da cama, mas a vontade de correr é muito maior, e quando a obrigação nos chama, é melhor atender o chamado. 06:00 e já estou na rua, pego meu irmão e vamos para o Shopping Villa Lobos. São Paulo sem garoa não é São Paulo e assim, na garoa paulistana vou retirar meu chip e tentar localizar a turma no ponto de encontro. Encontrei a Camile da TrackField, os amigos #twitersrun Anderson, Yara, Claudinha, Edu Três Meios, Paulinha e o maridão e outros...
Fizemos as devidas apresentações, gravamos vídeo para a Camile e depois de muita garoa fomos para a largada.
A largada teve um atraso de quase 15 minutos, único ponto ruim. Porém o locutor mencionou a presença dos #twittersrun, logo, equilibrou a falha. hehehe Saí no meio da Muvuca, sem grandes pretensões, mas depois de desviar e ultrapassar muita gente vi que estava num ritmo ÓTIMO, 04:10 o 1º km. Resolvi acelerar e manter até onde fosse possível e assim fui, o 2º em 04:11, o 3º em 04:13, o 4º em 04:20 e o 5º em 04:11 completando a primeira metade da prova em 21:10(meu recorde absoluto em 5km), os outros 5km tentei manter da melhor forma possivel e consegui manter na média de 04:30 o km.
Fechei os 10km em 43:47, meu novo recorde para 10km, algo impensável antes da corrida considerando que domingo passado corri a maratona de Curitiba e durante a semana o máximo que fiz foi passear com a cachorra. Me surpreendi. #aisim! Na chegada estavam a Yara e a Camile esperando e fotografando.
Depois da chegada de todos ainda fizemos mais uma bagunça #Twittersrun.
Percurso da corrida via Garmim
Classificação Oficial - Certificado
(Em breve mais fotos!!!)
Agora é esperar que semana que vem tem Volta da Pampulha. BH vai tremer.

sábado, 28 de novembro de 2009

Track Field run series 2009


Sábado, 28 de novembro de 2009.
Essa semana pós maratona foi só para comemorar, dar umas férias para meus pés, eles mereceram muito.
Porém na terça-feira fui sorteado e ganhei uma inscrição para a Track Field Run Series Shopping Villa Lobos.
Fazer o que né? Mais Alegria e comemoração.
Então, amanhã às 07:00 vou retirar meu chip, agradecer pessoalmente a Camile, responsável pelo Blog que fez a promoção e às 08:00 vou alinhar para uma agradável corrida de 10km nas cercanias do Parque Villa Lobos.
Blog da Track Field Run Series
E vai rolar um encontro dos #Twittersrun lá tbm. #aisim

terça-feira, 24 de novembro de 2009

A Maratona de Curitiba 2009


Domingo, 22 de novembro de 2009.
Como previsto no post anterior, praticamente não dormi de sexta para sábado, fui deitar às 04:00 e às 06:00 já estava na rua a caminho do aeroporto, meu voo sairia às 09:30 de Viracopos, aeroporto na cidade de Campinas distante 90 km da capital. Fui de carona até o shopping Eldorado para pegar o ônibus da Azul rumo a Campinas.
A ideia inicial era ir dormindo no ônibus, mas eu levei o livro "Maratonando" do Rodolfo Lucena e resolvi abri-lo, cheguei em Curitiba às 11:00 da manhã lendo e sem pregar os olhos. Recomendo a leitura, muito legal, descreve exatamente o que todos os corredores já passaram ou vão passar um dia, além de ser uma ótima inspiração e energia para quem está indo para uma Maratona. #bonsfluidos.
A minha estadia em Curitiba foi FANTÁSTICA, melhor que qualquer hotel 10 estrelas, tinha sido INTIMADO a ficar na casa dos pais de uma amiga, aceitei. No sábado ela também estava em Curitiba, foram me buscar no aeroporto, me levaram para retirar o Kit, almoçamos, tudo na maior mordomia e como eles tinham compromissos para o sabado a noite me deixaram à vontade e eu fiz o que não fazia a mais de sei lá quanto tempo, uns 20 anos acho, DORMI.
Deitei na minha suite presidencial às 20:30 e acordei às 05:10 bem descansado e antes do despertador tocar, desativei os barulhentos e virei de lado, acordei às 06:15 com meu anfitrião batendo na porta, me chamando que tava na hora, tomei um café puro com suco de laranja e saímos, levei uma banana que comi minutos antes da largada.
Ainda no sábado, na retirada do Kit, encontrei com os #Twittersrun Maratonistas @yaraachoa, @lilliansilvapp, e @georgervolpao (foto ao lado), além dos Atletas do bem, do fotógrafo Tião Moreira e o Tomaz da Contra Relógio que já não tinha mais a camiseta para eu pegar, preciso lembrar de pegar na Pampulha.
Voltando ao Domingo de manhã, cheguei na área de largada às 07:10 e não achei os #Twittersrun e fiquei sem pegar a cápsula de sal com a @yaraachoa, a largada feminina saiu pontualmente às 07:30, ainda consegui ver as meninas superpoderosas Yara e Lilian largando no fim do pelotão, porém encontrei o pessoal da Playteam, Elson, Reginaldo e João.




Fiquei enrolando junto com meu anfitrião em Curitiba, ele ia correr a prova de 10km para passar o tempo e depois iria me encontrar fazendo o caminho inverso da Maratona para terminar comigo a longa jornada. O tempo estava agradável com a temperatura subindo do jeito que eu queria, pois no sábado a tarde o tempo fechou e até choveu, o vento frio apareceu o que me desanimou um pouco(não suporto o vento gelado), mas no domingo tudo estava conspirando a favor. Faltando 5 minutos para a largada, o Elson da Playteam apareceu novamente, ficamos conversando junto com o Santinho(meu anfitrião) quando percebemos que a largada fora dada, saímos calmamente e fomos os últimos a passar o tapete, já com 2 minutos de prova. Fomos conversando e aquecendo e chegando nos outros corredores, tínhamos em mente o mesmo pace de 05:00 min o km e com tanto trânsito pela frente passamos o 1º km em 05:32 de acordo com o garmin, um pouco alto, mas como aquecimento tava bom, o 2ºkm ainda com aquela muvuca a frente passamos em 05:14, o 3º e o 4º deu para começar a acertar o passo e passamos em 05:03 e 05:02 e assim fomos até o km 33 entre 04:45 e 05:15, conversando, vendo os pontos turisticos, mexendo com os outros corredores quando estes tinham alguma identificação nas costas da camiseta, pegando água, isotônico, esponjas de água e até banana, não sou bom para gravar em qual km que essas coisas aconteceram, mas o que gostei realmente foi que os postos de apoio eram na maioria formados por crianças, escoteiros e lobinhas, todos felizes, contentes por participar de um evento desse porte, muito diferente de qualquer outra corrida que já participei onde geralmente o apoio é um adulto mal humorado que preferia estar em casa dormindo, mas está lá trabalhando.
O povo curitibano também estava na rua incentivando a passagem dos maratonistas, é claro que nos cruzamentos onde o trânsito fora interditado para passar a corrida eram os locais que estavam os chatos que ficaram incomodados por não poder passar e ficavam dentro do carro ligado com cara feia e ainda buzinavam, como se fosse resolver alguma coisa. Paciência! Para mim isso foi motivo de diversão.
Tive que parar antes do 9º km para amarrar o tênis, meus dois laços tinham se soltado, amarrei e dei um sprint para alcançar o Elson, depois por volta do km 24 acho, não sei ao certo, o ceguinho aqui ouviu alguém falar "Antonio", era a Yara que eu acabara de passar e não vi, voltei um pouquinho, falei um Oi, desejei boa prova e peguei a tal cápsula de sal com gosto de laranja e num outro sprint emparelhei novamente com o Elson e continuamos como um relóginho na média de 05:00/km, não exatos porque o perdido no começo não tinha sido recuperado, passamos a marca da meia em 01:47 aproximadamente, mas ainda assim tava tudo sob controle, o sol pegando forte, eu encharcado de tanta água que jogava, estava sempre com a mão ocupada, carregando água, isotônico, a camiseta do #twittersrunday, a esponja, a banana, cada km tinha alguma coisa diferente, tava vendo a hora de dar um nó nos meus braços de tanta bagunça e malabarismo que tinha que fazer para abrir um Gel ou a luta que foi para abrir a tal cápsula de sal. Mas, tudo isso no maior alto astral, dando risada e curtindo cada passada. O único momento que fiquei com as mãos livres, foi quando encontramos com a Super mega corredora TOMIKO, ela estava caminhando e dei para ela a água que eu carregava e continuamos, devo ter ficado uns 2 ou 3 kms e no próximo posto de água já me reabasteci.




Por uns 10km nós ficamos trocando de posição com um corredor que levava um cadeirante, na descida ele disparava e na subida nós passávamos ele, quando ele vinha forte eu até tentava ajudar gritando para quem estava a frente abrir caminho para a cadeira e quando ele estava atrás e ligava o turbo na descida era ele que gritava "Playteam, olha a cadeira, Playteam ", teve uma vez que entendi carteira e parei para ver se tinha caído alguma coisa da minha marmita, mas era ele de novo que passou voando descida abaixo. Acho que lá pelo km 30, decididamente não tenho a menor ideia, encontrei e passei pela Lilian, mandei um '"Oi" com bom término e continuamos firme e forte até o km 33 quando achei que o Elson tava acelerando um pouco mais que eu e que se eu continuasse ia quebrar, deixei ele ir e segurei um pouco para ver no Garmin a velocidade que estava, fiz o 34º em 05:27, o 35º em 05:53 quando deu uma impressão de tentativa de cãimbra na perna direita, o 36 fiz em 05:46 e na altura do 37 o meu anfitrião Santinho apareceu vindo no sentido contrário, ele fez meia volta para me acompanhar, disse que tinha corrido os 10km, visto a chegada da Elite e estava voltando do fim para o começo ao meu encontro, fechei o km seguinte com ele em 05:45, 05:29 e 05:54, subimos um viaduto com o campo do Coritiba ao lado conversando, quando olhei para o relógio, comecei a fazer contas, sabia que dava para fechar SUB4 horas naquele ritmo, mas faltavam menos de 4 km para o fim e ainda tinha alguma folga para tentar um SUB 03:40(número que eu queria ter alcançado em Floripa em Abril, para ingressar no Ranking da ContraRelógio, mas devido as condições da prova lá, terminar já foi uma vitória e um trauma tbm), pensei, fiz contas e comecei a acelerar, nem olhei para o Santinho e fui me distanciando, virei o km 40 em 05:09, respirei fundo, mais umas continhas rápidas e olho pro chão, comecei a correr com mais vontade, tentando sincronizar os braços para não disparar os batimentos e sem olhar para os lados, desisti de fazer festa na chegada, de procurar pelos fotógrafos que deviam estar lá, de mostrar a camiseta do #Twittersrunday que estava na minha mão a corrida inteira, esqueci de tudo, só queria vencer o relógio, apitou mais um km , o 41 em 05:38, o 42 em 05:31, estava sobrando ainda mais de três minutos, só que o pórtico de chegada não CHEGAVA NUNCA, ouvia o barulho da arquibancada mas não olhava para o lado, tinha que alcançar o tapete, olhei para o relógio de novo, 500 metros, 03:40, o tapete, pisei, apertei o cronometro, vi 03:40 de novo, nem me preocupei em saber os segundos, precisava respirar, recuperar o ar, pegar mais água GELADA, algumas pedras de gelo para esfriar o motor, um apoio apareceu para saber se estava tudo bem, veio me abraçar, nem precisou, continuei andando, peguei mais água, estava exausto e ao mesmo tempo muito Feliz.
Fiquei esperando o Santinho chegar e me refrescando, encontrei ele, combinamos o ponto de encontro e fui pegar a medalha, o lanche, comemorar!
Na saída encontrei o Elson, nos cumprimentamos, o Santinho apareceu, o céu escureceu, começou uma ventania inacreditável, o Santinho queria ir embora antes da chuva, começamos a sair mais apressado quando o Elson aparece novamente com a noticia que o Reginaldo havia quebrado e estava no posto médico recebendo tratamento, fiquei muito preocupado, mas naquele momento eu não podia fazer muita coisa, quem era mais indicado para ajudar era exatamente onde ele estava, o posto médico, falei com o Elson, ele disse que resolveria, então fui com o Santinho tomar uma chuva inacreditável para lavar a alma e agradecer pela ótima corrida.
Chegamos no carro, tinha um lugar coberto na rua bem em frente, onde nos secamos, troquei de roupa e fomos embora. Cheguei no meu hotel 1000 estrelas, tomei um banho restaurador, um almoço maravilhoso, muito papo furado até às 18:00 quando fui levado para o aeroporto, peguei meu "Maratonando" e fiquei lendo até chegar em SP, muito feliz mesmo. Fui dormir para mais de 03:00 da manhã e acordei zerado às 08:00. Já são 03:30 e cá estou, acordado, tentando lembrar detalhes...
Realmente, Indescritivel! Objetivo alcançado com sobras, muito melhor que qualquer pensamento anterior, principalmente depois das experiências passadas.
Encontrei agora a Revista ContraRelógio de Jan/09 com o Ranking de 2008 e acabo de resolver a minha questão. Masc. 30-34 tempo 03:40:59

TÔ DENTRO!!!
Lembrei, no meio do caminho tinha um Tião, com uma câmera na mão, preciso achar essa foto para registrar a ocasião. hehehepta



O Reginaldo está bem, quebrou no Km 37, com cãimbras, ele tavavoando para fechar em 03:00 a 1ª maratona. Vai ficar para a próxima. Valeu a experiência. Para quem não sabe ou não leu o meu post da Maratona de Floripa, o Reginaldo foi meu anjo lá, ele que me acompanhou nos kms finais, viu eu me arrastando para terminar de atravessar o deserto. Torço muito por ele, É muito gente boa. Valeu Reginaldo! Em breve terá sua revanche.
O Elson, ele fez Floripa que nem um robozinho, foi perfeito, disse que em Curitiba nos últimos kms sentiu um pouco as subidas, segurou e chegou 30 segundos na minha frente com 03:39:29, quase que alcanço ele, ia ser muito legal terminar juntos. Valeu Elson!
Tenho que agradecer o apoio dessa turma internética dos #twittersrun que de alguma forma me incentivava nos treinos e ajudava a não esquecer do Objetivo final: Sobreviver a #MaratonadeCuritiba. Valeu #Twittersrun! Vamos invadir a #Pampulha. hehehepta
E principalmente a minha amiga virtual Mayumi que praticamente só ela, tirando raras excessóes, deixou alguns comentários nesse blog. Inclusive o do post anterior me lembrando que para esse blog sobreviver terei que mudar o nome(Título). hehehepta

Parabéns a todos que lá estiveram, principalmente ao Reginaldo, Elson, Yara (04:58:13), Lillian(04:29:44) , George(04:37:11) , Tomiko(04:48:10) e João (03:52:56)

sábado, 21 de novembro de 2009

Chegou o Grande Dia !!!


Sábado, 21 de novembro de 2009
Estou a tarde inteira pensando em escrever aqui, nem imagino o que, mas só para registrar que enfim, CHEGOU o momento, a essa hora a mala já está arrumada, só falta tomar um banho e tentar dormir um pouquinho até às 05:30. Se bobear nem durmo.
Para variar a TPM(tensão pré maratona) chegou forte de novo, pensei que não ia acontecer nada de diferente, tava tudo ótimo, até que ontem no fim da tarde comecei a espirrar e só parei às 02:00 da manhã, passei a sexta-feira toda com o nariz escorrendo, o tempo mudou, o calor continuou mas o vento estava gelado e a chuva caiu, para fechar o dia, do nada travou meu braço direito, uma dor que nunca tive antes, nas costas, não podendo mexer o braço direito. Quer saber? Nem dei bola, é TPM.
Já sei que depois dessa maratona, independente de como for, se vou terminar bem ou não, se vou conseguir fazer um tempo legal ou só terminar, não sei, só sei que o meu próximo objetivo será acabar com essa tal de TPM.
Vou ter que fazer outra maratona, nem que seja andando, só para tentar não ter essa tal de TPM.
Um ano treinando e somente três dias de gripes/resfriados/febre, o 1º dia na véspera da Maratona de Floripa, o 2º na véspera da Maratona de São Paulo e agora o 3º, véspera da Maratona de Curitiba.
Tem alguma coisa errada aí, preciso descobrir.
Chega de TPM. o que tinha que ser feito já foi. A mala já está arrumada, espero não esquecer nada que possa ser útil e nem estar levando tranqueira inútil.
Valeu pelo apoio de todos, principalmente os #twittersrun que se formaram nessa época final dos treinos e muitas ideias, incentivos e palhaçadas aconteceram, conheci alguns aqui em Sampa no #TwittersrunDay e vou conhecer outros lá em Curitiba, alguns correrão a Maratona, outros a rústica de 10km e até quem mora lá e não correrá, mas deve aparecer para festejar.
Tomara que eles levem máquinas fotografica e essas parafernalhas todas porque eu não quero carregar nada que me preocupe.
Boa Maratona de Curitiba para todos !!! Até a volta.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

CircuitoCaixa SP Pacaembu


Domingo, 15 de novembro de 2009
Me inscrevi nessa prova para conhecer a organização e para tentar melhorar meu tempo nos 10km nesse percurso.
A organização foi muito boa, sem nenhuma grande reclamação. Só não aprovei o local da retirada do Kit(número e camiseta) no Shopping Bourbon na pompéia ao lado do chiqueirão, só seria pior se tivesse jogo lá no sábado, o chip foi entregue no dia no próprio estádio do Pacaembu, e a outra reclamação é o local da largada dentro do estádio, fica muito apertado e dificulta a dispersão, devo ter perdido uns bons 20' no 1º km. É pouco, eu sei, mas para quem quer melhorar o tempo esses 20' fazem uma diferença enorme.
Tirando isso, o clima estava estranho, choveu às 06:00 da manhã e ficou muito abafado até a hora da largada, que para o público geral e a a elite masculina foi às 08:15. Pouco antes do 3º km, na entrada do minhocão começou a chuva, e que chuva maravilhosa, daquelas bem forte, com gotas pesadas e gelada. Perfeita para refrescar.
Corri os 5 primeiros kms assim: o 1º km em 04:19, o 2º em 03:57, o 3º em 04:16, o 4º em 04:19 e o 5º em 04:24 totalizando 21:15. e os outros 5km assim: o 6º em 04:19, o 7º em 04:24, o 8º em 04:23, o 9º em 04:33 e o 10º em 04:42 totalizando + 22 :21. No final os 10km ficaram em 43:41 meu novo recorde nos 10km contribuindo para o #TwittersrunDay.
Agora falta menos de uma semana para a Maratona de Curitiba, o que tinha que ser feito já foi e se não foi, já não há mais tempo.
Então só resta arrumar a mala, tentar não esquecer nada, torcer para que tudo dê certo e partir para uma ótima corrida.

domingo, 15 de novembro de 2009

#TwittersrunDay


Domingo, 15 de novembro de 2009
15 dias sem postar, que feio!
Semana que vem já é a Maratona de Curitiba. Faltam 7 dias!
Um breve resumo desse período sem notícias: 137 kms rodados do dia 1º até o dia 15, sendo que no domingo passado, dia 08 foi o treino mais longo. 6,5 km para chegar no autódromo de Interlagos e os outros 31,5 km nas subidas insanas do autódromo no Ayrton Senna Racing Day e hoje teve o Circuito Caixa no Estádio do Pacaembu, meu novo recorde nos 10km. 43:41' extra-oficial pelo garmin.(em breve relato exclusivo)
O titulo do post é #TwittersrunDay, que significa um monte de malucos que se conheceram pelo Twitter e formaram uma equipe virtual de corredores que passou a ser muito mais que REAL nesse final de semana em diversas cidades do Brasil e até no exterior. Para explicar melhor vejam alguns posts dos #Twittersrun @tresmeios, @stephanie, @correguto ou @andzacarias.
Ontem, sábado 14 teve um encontro com alguns dos #twittersrun que acabou num treino coletivo muito agradável onde todos correram para acumular kms para o #TwittersrunDay.

domingo, 1 de novembro de 2009

300 km no mês 1.500 km no ano.


Domingo, 01 de novembro de 2009
Eu ia acrescentar essa informação no post anterior, afinal é só para registro e como não tem nenhum comentário acho que não mudaria muito, mas como não estou fazendo nada e esse domingão vai ser de CHURRASCO e segunda é feriado para descansar do CHURRASCO, achei mais legal um título imponente de 300 km no mês e 1.500 km no ano.
Até me surpreendi como essa semana foi produtiva, corri bastante e não senti nenhuma dor, nenhum incomodo, e o melhor de tudo mantendo sempre a mesma média de 5 min/km. Fiz vários testes para tentar achar a melhor forma de encarar a Maratona de Curitiba e cheguei a conclusão que nem imagino qual será a melhor.
Domingo corri 21,3 km sendo 10,5 forte e os outros 11km variando bastante, mas no final média de 12km/h
Na terça foram 9 km na esteira com altitude e mais 21km no Ibirapuera, totalizando 30km com média de 12.2km/h
Na quinta foram 9 km na esteira com altitude e mais 6km no Ibirapuera, totalizando 15km com média de 12km/h
Na sexta novamente no Ibirapuera foram mais 21km, sendo os 10km iniciais mais forte em 46' com máxima de 170 bpm e os outros 11km em 01:00 com máxima de 160bpm.
No sábado voltei ao Ibirapuera só para completar os 300km, foram 15km com máxima de 157bpm em 01:18, média de 12km/h.
Resumindo, rodei 102 km na semana com média de 5min/km ou 12km/h e totalizei no mês inéditos 300km. Mês esse que teve vários contratempos que atrapalharam a minha programação, mas por outro lado consegui nessa última semana rodar muito.
No ano já foram 1.502km registrados.
Faltam 21 dias para a Maratona de Curitiba!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Meia Maratona de Revezamento - SESC Ipiranga/SP


Domingo, 25 de outubro de 2009
Tá díficil para parar e escrever aqui, então vai um breve resumo.
Sábado retirada do Kit no SESC Ipiranga, tudo muito fácil, muito organizado, uma maravilha.
Domingo, retirada do CHIP sem nenhum problema e espera para a largada que foi pontualmente às 08:00. O percurso é a volta do parque da independencia no museu do Ipiranga, ou a metade do percurso da prova dos Bombeiros da Corpore. Para quem conhece sabe da bela subida que tem, imagina subi-la DUAS vezes.
Assim o fiz, só que QUATRO vezes, as duas primeiras oficialmente e as outras duas como um treino de luxo para a #MaratonadeCuritiba.
Corri os 10.500 metros em 46:00, passei o "bastão" para meu irmão e continuei correndo até completar a MEIA MARATONA em 01:44. Veja aqui o percurso completo detalhado. Após o término, recebi a medalha e o lanche(banana, maçã, barrinha e um suco). Essas corridas do SESC são sempre muito boas, RECOMENDO!
Aproveitando o espaço, na terça dia 27 fiz mais um treino na UNIFESP com simulador de altitude como parte do estudo, foram 9 km, sendo 15min de aquecimento e 32min com altitude simulada de 3.000 metros. Após isso, o clima em SP estava típico da terra da garoa e decidi ir para o Parque do Ibirapuera correr mais um pouquinho, o parque estava deserto e comecei a rodar, rodar, rodar até que decidi parar no melhor estilo Forrest Gump. rsrs
Foram mais 21km em 01:45. veja as sete voltas no parque aqui.
E hoje, quinta, novamente o treino com simulador, 9km e mais uma voltinha no parque, só que dessa vez só 6km. Completando 15km no dia.
Semana muito proveitosa: 21 + 30 + 15 = 66km

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Fim de semana OFF


Esse final de semana que passou foi o mais improdutivo do ano.
Na sexta a noite planejei correr no parque, mas a chuva e o frio chegaram mais cedo e acabei deixando para sábado.
No sábado, acordei às 06:00, levantei, olhei na varanda e CHUVA, com frio. Esperei mais um pouco, afinal a ESPERANÇA é a ÙNICA que morre, olhei de novo às 08:00 e lá estava ela firme e cada vez mais forte e mais fria, até que às 10:00 já tinha desistido porque a noite ia ter Casamento e consequentemente balada com direito a 1 hora a mais e GORÓ.
No Domingo como eu já esperava e imaginava, chequei em casa às 05:30, ou seria 04:30? Não. Acho que já era 06:30. Que que importa? Afinal ela continuava lá, indo e vindo, a boa e gelada chuva, até pensei em um trotezinho para eliminar o sangue do álcool, mas preferi minha cama quentinha para isso. rsrs
Acordei Meio dia, ou Onze ou Uma. Ainda não sei e também não importa, só sei que tava o maior SOLZÃO e eu tinha que ira a ballet da priminha de 12 anos às 15:00. Logo, nada de correr mesmo, nem em sonho.
Eita fim de semana entediante. Assim não dá para chegar na #MaratonadeCuritiba.
Hoje, terça feira, como penitência, corri em três períodos, totalizando 25 km. Sendo 8 km na esteira com altitude simulada de 3.000 metros, depois 12 km no Parque Ibirapuera e a Noite mais 5 km no Ibira com um amigo. Aí Sim!!!
Quarta, a principio não vai dar para rodar, mas na Quinta se tudo der certo devo repetir a dose de hoje em três turnos e de noite talvez com uma volta a mais. É esperar para ver.
Sexta e sábado dependendo de horários. E no Domingo tem Corrida do Sesc Ipiranga. É a Meia maratona de revezamento, vou fazer a primeira parte para o revezamento e depois vou fazer a segunda para treinar, concluindo assim + 21km.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Linha Direta ou Cidade Alerta?


Esse blog está quase virando o CIDADE ALERTA, desse jeito vou ter que chamar o DATENA.
#SaiZica

Fim de semana


Semana corrida para resolver problemas burocráticos e tentar encaixar os treinos.
Para piorar, frio, chuva e muito trânsito em São Paulo. Maravilha.
Terça e quinta treino na esteira com altitude simulada, muito bem.
Sábado de manhã, friozinho e nada de sol fui para o Ibirapuera para rodar, rodar literalmente no relógio e mantive o ritmo de 5 min/km até o 20º km quando aumentou um pouquinho, concluindo em 02:19 minutos 27 km. Muito bom. Dentro do previsto.
Até estava pensando em ficar o domingo com as pernas para o ar, mas a ZICA voltou e no sábado a noite após uma visita a maternidade Pró-Matre na região da Av.Paulista, ao chegar em casa fui abrir o porta malas para pegar o carrinho do meu bebê e para surpresa geral da nação, o miolo da fechadura estava danificado, consegui abrir e descobri que algum vagabundo já havia feito isso antes e levado a viatura(carrinho de bebê) do meu filho e o estepe do carro, além de ter estragado o miolo da fechadura. Nem preciso dizer como fiquei CONTENTE com tal descoberta.
Depois disso só correndo para esquecer um pouco dessas chateações, acordei cedo no domingo, aniversário do meu irmão e fui encontrá-lo para uma corridinha no bairro com direito a invasão do percurso da corrida da corpore na marginal do Rio Pinheiros e ponte estaiada(Estilingão). Saímos num trote bem agradável e depois de 2 km rodados, percebo que falta algo no bolso do meu shorts, meus documentos haviam caído pelo caminho, pronto, a ZICA de novo, retormamos olhando para o chão e quando estávamos quase chegando no ponto de partida e eu já não acreditando no tamanho do azar, encontrei. UFA! Alívio total! Viramos e fomos novamente em direção a ponte, com essa volta chegamos na largada da corrida já com 23 minutos de prova iniciada, e fomos pelo percurso, ao descer a ponte avistamos os ponteiros passando pelo lado contrário, vimos vários amigos e comprimentamos e assim foi até o retorno, com o caminho livre conseguimos imprimir um ritmo muito bom, na altura do km 3 já começamos a ultrapassar vários participantes, nesse momento segurei um pouco o ritmo para rodar em 05:00 min/km e meu irmão foi embora. Entre o 5º e o 6º km, o praticamente queniano amigo Anderson está retornando após o término da corrida dele a minha procura, fomos papeando até o final do percurso num ritmo muito agradável. Encontrei meu irmão e fizemos um pit-stop com os amigos Anderson, Serginho Macedo e esposa Luciana, Gilmar e mais uma turma da Playteam. Retornamos num trote bem sossegado totalizando 20 km na manhã de domingo.
Resumo do final de semana: 47 km bem distribuidos em dois dias.
Segunda-feira, hoje é feriado de 12/10, dia de Nossa Senhora de Aparecida e também dia das crianças, tinha até pensado em ir até a Zona Norte para ver a corrida e quem sabe fazer um treino de 10km no campo de marte, mas já desisti e vou somente ficar com minha criança.
Muito bom, ânimo para a maratona de Curitiba no final de novembro.

domingo, 4 de outubro de 2009

12ª Corrida Barão de Jundahy


Domingo, 04 de outubro de 2009
A convite do amigo Clóvis, descobri e topei participar da corrida em homenagem ao 12º Grupo de artilharia de campanha Barão de Jundiahy na cidade de Jundiaí no interior de São Paulo. O batalhão segundo informações fica na altura do km 54 da rod. Anhanguera. Inscrições eram feitas no ativo.com ao preço de R$ 20,00.
Valor justo, prova inédita, estradinha para acordar, tudo conspirando a favor.
Combinei com meu irmão de pegá-lo antes das 06:00 para irmos ao encontro do Clóvis na estação Conceição do metrô e de lá estrada rumo a Jundiaí. MARAVILHA.
Domingão chegou, saí de casa às 05:40 e fui buscar meu irmão, mala pronta, tudo arrumado, conferido, liguei para ele que já me esperava e saí. Ao chegar lá, às 05:50, tinha um carro fazendo manobra na rua, meu irmão entreou no carro e quando íamos sair, o outro carro pára ao nosso lado, abaixa o vidro preto e tem uma arma apontada para nós, com um elemento nada amistoso descendo e já vindo para o meu lado.
QUANTA EMOÇÃO! Fiz sinal que estava saindo, consegui pegar minha carteira e os celulares que estavam no console(sem ser notado) e desci sempre com os olhos no meliante que entrou no meu EX-carro e foi embora seguindo o carro que ele havia saído(um fiesta azul escuro). Olhei para meu irmão que estava no outro lado da rua e comecei a fazer o balanço do prejuízo. Perdi uma mala, uma troca de roupa, um chinelo, um tênis bem rodado, uma máquina fotográfica digital que normalmente não estaria lá(falha) e alguns brinquedinhos do meu filho que estavam na cadeira de bebê fixa no banco de trás(PREJÚ). Ah, e não esquecer o lanchinho que eu havia separado para depois da corrida, contendo 3 maçãs, 3 bananas, 3 bolachas club social e alguns copinhos de água. Os meliantes devem estar fazendo um piquenique a essa horas.
Fomos até o metrô Conceição e encontramos com o Clóvis, demos essa notícia para ele e de lá fui para o 27º DP no Campo Belo cruzar a linha de chegada e registrar um B.O.
O objeto do roubo! No local do ocorrido!
Quanto a corrida, nem imagino como foi, não conheci Jundiaí, não corri e infelizmente tive uma péssima manhã de domingo. Agora, tenho que correr muito, só que correr atrás da burocracia e torcer para que não encontrem o carro e tudo se resolva da forma mais rápida possível.
E pela 1ª vez não foi possível me apresentar para a largada de uma prova que me inscrevi. Paciência!!!

terça-feira, 29 de setembro de 2009

A foto e a dúvida


Foto da corrida Circuito das Estações Adidas Etapa Primavera- SP do último domingo, 27/09/09.
Nessa imagem, Eu estou correndo pela calçada do lado da parede junto ao Laércio(de branco) logo após o 1º km. Fomos por ali para desviar da muvuca e conseguir manter o ritmo mais forte.
Seria esse o motivo do meu GARMIN sempre acusar alguns metros a mais em todas as corridas que eu utilizei-o?
Será que é aí que EU erro o caminho e acabo correndo mais que o necessário?
Dúvidas, dúvidas e mais dúvidas...
Se tiver a solução, deixe um comentário, se não tiver, deixe também.
Valeu

domingo, 27 de setembro de 2009

Circuito das Estações Adidas Etapa Primavera/SP


Domingo 27 de setembro de 2009.
São Paulo, Estádio do Pacaembú.
A retirada do Kit dessa vez conseguiu ser num local ainda pior que o Shopping Paulista(etapa inverno), foi na loja da Adidas da Rua Oscar Freire, um lugar lindo, um verdadeiro desfile de moda e de carros último tipo fazendo aquele trânsito gostoso no sábado ensolarado. Um povo mal educado que não sabe dirigir, mas vai lá tumultuar. Uma Maravilha! Mundinho Fashion que não me agrega nada.
Retirada da camiseta e do número, o chip só é retirado no dia, antes da prova, deve ter muita gente que se inscreve e não aparece para correr, é a única explicação de entregar a camiseta antes e o chip só na hora. A camiseta é entregue antes para que todos usem na corrida para a foto da muvuca na largada sair bonita e realçar o patrocinador, muito justo.
Kits retirados, eu e meu irmão devidamente numerados, ele no pelotão Quênia(tempo abaixo de 45 min nos 10km etapa anterior).
Domingo às 05:15 da manhã já estava acordando, depois de ter conseguido ir deitar às 02:00. Saí de casa às 06 :00 e fui pegar meu personal irmão, chegamos antes das 07:00 nos arredores do estádio e as ruas já estavam tomadas pelos flanelinhas, demos uma canseira neles e saímos do carro quando não tinha nenhum na janela para estragar o ínicio do domingo(ótima tática). Passamos pela barraca da Playteam, comprimentamos o pessoal que lá estava, prof. Augusto, Luís, Sher e mais alguns que não lembro agora. Fomos retirar o chip e colocar o papelzinho do sorteio na urna(não sei porque ainda insisto nisso, a sorte não é minha amiga mesmo).
Tudo pronto e fomos para a largada que se deu pontualmente às 08:00, meu irmão mais a frente no pelotão Quênia e eu logo atrás junto com o Laércio da playteam. Largamos forte, ultrapassando vários quenianos que mais pareciam tartarugas, não entendo como esses estavam a nossa frente e conseguimos imprimir um bom ritmo, também encontramos com o Diego e seguimos até alcançar o 1º km com 04:07 e o 2º com 04:08, depois veio a subida do minhocão e o ritmo começa a variar um pouco, mas conseguimos manter sempre abaixo de 04:30 o km até o 8º, quando o calor começou a pegar mais forte e eu disse para o Laércio ir que eu ia logo atrás. Pelos meus cálculos ainda daria para fechar abaixo de 45 minutos que era minha meta, e assim fui acelerando e tentando mantê-lo no campo de visão. Meu relógio apitou os 10km com 44:16, mas ainda faltavam 150 metros para o tapete de chegada, dei um sprint e fechei pelo meu relógio em 44:50.
META ATINGIDA, mas ainda preciso descobrir onde que erro o caminho que sempre é maior. rsrs
Ainda não está no site da prova o resultado oficial, mas espero que apareça certo e que na próxima etapa eu também esteja no pelotão Quênia.
Pelos meus cálculos, se a cada etapa eu diminuir 1 minuto em relação a anterior, em 2020 estarei brigando pela vitória. hahaha Na saída, após o sorteio que eu consegui ganhar somente um bronzeado no gramado do Pacaembú, ainda encontramos com o Clóvis, o Paulão e o Nonô, todos da playteam e também uma amiga que não via a muito tempo que eu nem sabia que corria, muito legal. Passamos na tenda da playteam, nos despedimos dos que ainda estavam lá e fomos para o carro, chegando lá que apareceu? Sim, ele, o flanelinha, já chegou todo ameaçador e levou TUDO o que eu tinha na mão, literalmente eu dei uma BANANA para ele. Não sei se ele gostou, mas era o máximo que eu daria para ele de qualquer forma, a BANANA da chegada.
Hoje ainda, no fim da tarde fui conferir a Running Show e tomar um café com a nova amiga, a jornalista e maratonista Yara Achoa e seu filho meu xará Antonio, ela me cedeu os convites, pois ganhei um par na promoção do Twitter do webrun, mas por problemas de comunicação não tinha conseguido receber. Fui a feira e encontrei o Harry do webrun que fez de tudo para resolver o mal entendido. A feira estava já no desmonte, mas valeu o passeio para o fim de domingo.
Domingo que vem tem corrida em Jundiaí, 8km.
O QUÊNIA é nosso!!!! rsrs
Link do percurso km a km : PRIMAVERA SP clique e confira!

Garmin - Circuito Adidas Primavera/SP


Domingo, 27 de setembro de 2009
Esse é o relatório do Brinquedinho, domínio no Pacaembu. hahaha Depois escrevo mais, com fotos.
Garmin Connect - Detalhes de Actividade para Circuito das Estações Adidas etapa Primavera/SP

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Maratona de Revezamento Pão de Açúcar


Domingo, 20 de setembro de 2009
Vamos lá, uma semana depois vou tentar falar dessa corrida.
Na verdade, dessa festa, dessa bagunça ou sei lá como queiram denominar. Como eu escrevi antes, essa foi a minha 1ª corrida em 2004, é a culpada por esse vício muito bom que passei a ter e depois da de 2004, só não fui em uma edição, a de 2005 por ter outro compromisso marcado para a data. Nas de 2006/2007 e 2008 fui para correr ou 10km ou 5 km e acabei correndo sempre mais, ou para minha equipe ou para de outros amigos que se contundiram e pediram para eu correr por eles. Só festa.Minha equipe que era de 8 em 2008 virou duas de 4 para 2009 e fui escalado para fazer o primeiro corredor, que tem um trecho maior, eles estão evoluindo.... hehehe
O maior problema é o horário, que começa às 07:00 da manhã e acaba depois das 13:00, e eu sendo o 1º tinha que estar posicionado às 07:00 na largada. Cheguei no Parque do Ibirapuera às 06:00 da manhã, depois de ter que mudar o caminho por conta da virada esportiva(interditaram o meu caminho alternativo bem no momento que cheguei para passar um pelotão que estava pedalando a madrugada toda), consegui entrar pelo portão da praça do porquinho, que é bem longe da largada, mas menos muvucado. São quase 2 km para chegar na largada, foi bom que deu para acordar e até dar um trotinho para esquentar, é esquentar mesmo, não aquecer porque estava bem frio a essa hora, mas sem CHUVA.
Passei pela praça dos atletas, encontrei alguns amigos e conhecidos das euipes do banco Itaú, minha equipe também é do banco, onde trabalhei por longos e intermináveis 10 anos. Fui para a largada e aquele mundão de gente que nao acabava mais, fui tentando abrir caminho, me aproximar o máximo da largada, mas chegou uma hora que era impossível e faltava menos de 5 minutos para o ínicio. Hino Nacional, sem a Vanusa e começou a procissão, eu nunca tinha achado que o parque era tão apertado, uma calamidade tentar correr ali. Desvia de um, desvia de outro, vai para a calçada, pula um banco, pisa na grama, encontra o Toninho da Playteam e segue ele por cima da mureta e depois de quase 6 minutos de atropelos estamos fora do parque concluindo o DESAFIO do 1º Km, e bora correr. O percurso é bem desafiador, várias subidas e muita gente no caminho com todos os ritmos. Consegui acelerar a partir do 2º km e assim fui até a passagem para o 2º corredor.
Concluí esse trajeto em 52 minutos, tempo ótimo devido a todas as circusntâncias, passei o chip/pulseira para o Alberto e fui atrás dele para mais 10.500 metros, logo na saída parei para amarrar o tênis e vi o Alberto continuar acelerando, pensei que não conseguiria mais alcançá-lo, mas não desisti. Encostei nele no 3º km e ele continuava no pique total, fui atrás. No 7º km dele, meu 19º ele começou a cansar, então fui falando com ele para o tempo passar mais rápido e enfim ele terminou em 59 minutos, e eu também parei após 01:52.
Um ótimo treino, o ruim foi ter que esperar até o final no frio que insistia em ficar, mas sem CHUVA, ainda bem. Nesse tempo interminável, passei na tenda da Playteam, encontrei vários amigos lá, prof. Augusto e prof. Ramilio, Reginaldo, Los Hermanos em peso, menos o último combatente Nadais que ainda corria, Clóvis, Elson, Gilmar, Jaci, Luis e muitos outros que lá estavam. Depois fui novamente para a tenda do Itáu e lá fiquei até o nosso último corredor chegar com as medalhas. O resultado oficial ainda não foi publicado(sempre demora).
Mais um ano de corridas se fecha, mais um revezamento Pão de Açúcar e assim vamos... Hoje já é sábado, daqui a pouco tem o Circuito das Estações Adidas SP Primavera e eu tô aqui ainda, 23:20. assim não dá para entrar no Pelotão Quênia. hahaha Vou tomar banho e tentar descansar um pouco. Boas corridas!

domingo, 20 de setembro de 2009

Revezamento Pão de Açúcar - Detalhes Garmin Connect


Domingo, 20 de setembro de 2009
17ª Maratona de Revezamento Pão de açúcar/SP
O Link abaixo mostra detalhadamente km a km o percurso percorrido por mim nessa prova, abri o revezamento para a minha equipe de 4 e depois de passar o "bastão" continuei acompanhando o 2º corredor, totalizando 22 km em 01:51. Ótimo treino. Amanhã post completo com mais detalhes e talvez fotos.
Garmin Connect - Detalhes de Atividade para Revezamento Pão de Açúcar 2 voltas 2009.
Essas novidades tecnológicas são muito legais, preciso me aprimorar melhor nisso.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Contagem regressiva...65 d. + Revez. PA


Sexta, 18 de setembro de 2009.
Faltam 65 dias para a maratona de Curitiba, e essa semana comecei um treinamento que na verdade é um teste, ou melhor, um estudo.
Está sendo realizado na UNIFESP e a definição correta é :
O objetivo do estudo é avaliar as repercussões da administração de estímulo hipóxico intermitente (altitude simulada) em repouso sobre o decaimento dos efeitos benéficos do treinamento hipóxico intermitente (treinamento em altitude simulada).
Serão duas vezes por semana durante 6 semanas. Essa semana fiz o teste de Vo2 e o de limiar de lactato, em esteira, além de coleta de sangue. Tô gostando de contribuir para a ciência, espero que dê certo.
Domingo acontecerá aqui em SP a maratona de revezamento Pão de Açúcar, participarei em uma equipe de 4 corredores, sendo que serei o 1º, o que tem que correr mais, quase 12 km. Pretendo fazer no mínimo dois percursos totalizando 21 km. Vamos ver se me empolgo e faço mais. O problema dessa prova é que sempre tem gente saindo para fazer 5 km no pique total, com as pilhas novas querendo correr muito, e se você já estiver lá no seu 20º km cansado, vai ter alguém que passará voando a seu lado. Mas, o clima dessa corrida é muito legal, é a bagunça mais engraçada que tem, acontece de tudo, o mais legal é ver a galera perdida procurando para quem tem que passar a pulseira, pessoas que nunca se viram antes, é engraçado demais. Até mesmo na edição do ano passado que choveu torrencialmente e era lama para todos os lados foi divertido, frio, gelado, enlameado, mas divertido.
Essa foi a minha 1ª vez, no ano de 2004. Por conta dela que continuo nesse vício, nessa loucura de acordar domingo às 05:00 da manhã com chuva ou com sol, frio ou calor. E para comemorar esses 5 anos estarei lá novamente, às 06:00 da manhã e pela primeira vez para largar em 1º.
Olha quem tbm estava lá, Marílson Gomes em 2004!
1ª prova, 1ª medalha, na USP ainda, em 2004.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Treino + Paz


Domingo, 13 de setembro de 2009
Aniversário da Vó de 93 anos. Parabéns Vó!
Durante a semana, consegui treinar somente na sexta-feira, porque na terça tinha programado descansar e depois choveu muito em SP, de novo. O que, vamos combinar não é preciso sair no meio do aguaceiro, ser pego pela chuva no meio do treino ou da corrida é muito bom, realmente é uma sensação de "alma lavada", agora sair de casa no meio do temporal eu acho meio estranho. Só saio em caso de extrema necessidade.
Na sexta, o tempo estava mais ou menos, nem quente nem frio e sem chuva, consegui ir no finzinho da tarde ao parque do Ibirapuera, sem grandes pretensões, porém sem hora para voltar também. Comecei a rodar, começou um ventinho mais gelado e a escurecer, as avenidas em volta do parque estavam lotadas de carros, pareciam grandes estacionamentos no meio de São Paulo, simplesmente ninguém andava e para melhorar o parque foi esvaziando, esvaziando e eu fui me empolgando, cada volta que completava eu pensava, só mais uma e assim fui até completar oito voltas, totalizando 24 km com um ritmo médio de 5 min/km. Parei quando o frio começou a incomodar um pouco e a fome a aparecer. Fui embora satisfeito, nem me preocupei com o trânsito infernal que continuava parado.
Corri 24 km em 2 horas e depois de carro fiz 7 km em 1 hora. Maravilha! A Sorte é que eu tinha levado um lanchinho e deixado no carro.
No sábado, descanso, pernas para o ar e festinha da Vó.
Domingo amanheceu bonito, ótimo para uma corridinha, encontrei meu irmão e fomos correr pelo bairro, lembrei que ia ter a corrida da paz na ponte estaiada e fomos para lá, 4 km até o local da largada, chegamos lá faltando um minuto para o começo. Fomos até lá num aquecimento bom com ritmo de 5:30/5:00 por km e depois da muvuca na largada, ao passar o 1º km subindo a ponte deu para acelerar mais, do 2º ao 8º km deu para manter entre 04:10 e 04:30/km finalizando os 8 km em 37 minutos, depois voltamos mais 5 km em ritmo bem mais desacelerado porque o sol já estava castigando. Valeu, deu para rodar 17 km alterando o ritmo sem maiores complicações.
Vale uma menção também ao desafio de 24 horas ocorrido aqui em SP, muito interessante, vi as matérias da TV pela internet, e acompanhei pelo Twitter da jornalista e corredora YaraAchoa que esteve por lá no ínicio. Muito legal trazer a lenda americana DEAN KARNAZES para correr aqui. PARABÉNS aos organizadores, mas PARABÉNS mesmo ao JORGE ULTRAMARATONISTA que veio do RJ para SP e acompanhou o DEAN o percurso todo. SALVE JORGE!!! Fantástico o relato no seu BLOG. PARABÉNS!

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Curitiba aí vou eu!


Passagens compradas!
Essa semana recebi um email do cartão de crédito em parceria com a Azul, que normalmente já tem preços convidativos, oferecendo mais 15% de desconto, fui conferir e encontrei passagens para Curitiba na data da Maratona por menos de R$ 100,00.
Na ponta do lápis, o valor de ida e volta de avião não paga o combustível + pedágios + ficar perdido + ter que dirigir após uma Maratona(literalmente).
Depois da experiência em Floripa, decididamente voltar de uma Maratona encaixotado na poltrona de um busão, mal tendo tido tempo de tomar banho pós prova é algo que não recomendo e não desejo a ninguém. Por pior que possa ser o avião, em 1 hora já chegou e por esse preço, sem justificativas não pegar. O que pode parecer luxo, nesse caso é economia, conforte e rapidez.
A parte ruim de não ir com o pessoal da equipe, é não ter a bagunça.
Como não convenci ninguém para me acompanhar nessa empreitada, e consequentemente a falta de um motorista reserva(principalmente para a volta), nem pensei muito, por esse preço, FECHEI na hora. Nem que seja só para passear, estarei em Curitiba no fim de semana de 21 e 22 de novembro de 2009.
A intenção é correr direitinho a Maratona e voltar com mais um objetivo concluído.
As inscrições para a Maratona começaram hoje, 08/09/09, já ia fazer a minha por impulso, mas não preciso ser o 1º né? Talvez eu faça amanhã que é 09/09/09, dia bonito e único, o dia que meu pequeno Diego completará 1 ano e meio, 18 meses de imensa alegria e curtição. Parabéns meu Bebezão!
O site da Maratona é : http://www.maratona.curitiba.pr.gov.br/
ou no Twitter : http://twitter.com/Maratona2009.
Com as passagens compradas, vamos treinar então.
A semana começou com aquele calor maluco, fritando tudo e todos, e é claro que um resfriado resolver aparecer na terça, clássico. Na quarta uma caminhada leve e um trotezinho para suar a futura gripe, na quinta uma acelerada para espantar de vez com aquele calor todo.
Na sexta amanheceu um tempo estranho, meio de chuva e consegui ir ao parque do Ibirapuera para rodar um pouco, a chuva resolveu aparecer e eu fui ficando, rodei uma meia maratona(21km) em 01:48 bem confortável, a exatos 5min/km e duas paradinhas para refrescar no km 9 e km 15, pit stop para molhar o bico e continuar, nada além disso. Nem em sonho eu pretendia rodar 21km, mas o parque estava deserto por causa da chuva e o clima melhor impossível, se eu tivesse planejado e levado um gel dava para ter rodado mais uns 5 ou 6 km. Mas valeu muito. Nem lembrava mais como era bom correr tanto tempo e em um ritmo tão bom.
Domingo, acordei cedo e já saí correndo de casa, com o objetivo de rodar bastante, tava uma manhã muito agradável, tudo conspirando a favor, fiz 2 km de aquecimento bem leve com muitas subidas, corpo acordando e passei para pegar a Morena para uma voltinha antes da corrida de verdade, demos uma volta pelo bairro de 2 km com uma bela subida e chegando, o tempo virou e a chuva começou, chuva forte e chata, totalmente desanimadora.
Esperei um pouco e quando a chuva deu um tempo fui correr, mas agora com outro objetivo, CORRER DA CHUVA. Corri 5 km em ritmo forte, no piscinão da Av Jorn Roberto Marinho, antiga Av Aguas Espraiadas, é plano, mas o cheiro não é necessariamente o melhor. 21 min e 30seg depois a chuva voltou forte e eu voltei para casa. Bom treino também.
Segunda-feira, feriado nacional da Independência e amanheceu um lindo dia de sol, ótimo para um treino no Museu do Ipiranga, fui com meu irmão, passamos no 4runner café, pegamos a camiseta e partimos para a corrida de 10km, largamos atrás para não atrapalhar os inscritos e depois de 3 minutos passamos pela largada. O 1º km foi de aquecimento, muita gente na muvuca, até carrinho de bebê tinha no pelotão de elite e uma subida absurda de tumultuada, após passar a marca de 1 km em altos 05'25seg, aceleramos e a muvuca sumiu. Entre o 2º e o 3º km encontramos o combatente Nadais, mas eu nem consegui falar direito com ele, pois se eu falasse muito já era meu ritmo, fomos juntos por uns 3 ou 4km, depois não mais o encontrei, keep running combatente.
Nesse percurso tem uma subida na rua de trás do museu, umas duas ou três descidas curtas, uma reta longa de ida e volta e a famigerada SUBIDA de 1 km ao lado do museu na av.nazaré entre o 6º e o 8º km.
Completei o percurso de 10km em 45:18 acelerando tudo na descida final, muito bom terminar em descida. Meu irmão me acompanhou até o começo da subida, onde ele ligou o NITRO e sumiu, abrindo 2 minutos de distância para mim. Na volta, passamos novamente no 4runner café para degustar um açaí e agradecer/parabenizar pela ótima iniciativa.
Depois, só o FERIADÃO com muito sol!!!
Estatística Km/Tempo (Garmin 305)
1º km 05:25 - 2 ºkm 04:11 - 3 ºkm 04:10 - 4ºkm 04:04 - 5ºkm 04:13 - 6ºkm 04:36 - 7ºkm 04:36 - 8ºkm 04:48 - 9ºkm 04:37 - 10ºkm 04:16 - Total = 45:18 Pace Médio = 04:33/km Velocidade média = 13,1 km/h

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

4Runner Café apoia corredores em Troféu da Independência


O local estará aberto excepcionalmente no feriado de 7 de setembro, das 7h às 14h, com distribuição de camisetas e brindes diversos

Excepcionalmente no próximo feriado, em 7 de setembro, a 4Runner Café estará aberta para prestigiar e apoiar os corredores do VIII Troféu da Independência, que acontece a partir do Parque da Independência, no Ipiranga, em São Paulo.

Os primeiros 50 corredores que passarem pela 4Runner Café ganharão camisetas exclusivas com tecido tecnológico de última geração. E para todos os que estiverem por ali, degustação de açaí, sucos e outros produtos da casa, além de orientações e dicas do fisioterapeuta Evaldo D. Bosio Filho, especializado no atendimento de corredores e atletas, que estará de plantão para tirar todas as dúvidas.

Todas estas atrações têm um motivo muito especial: durante a corrida, seja no trajeto de 5 ou 10 quilômetros, os participantes passarão em frente à 4Runner Café, localizada na avenida Nazaré, 1199.

Por isso, para todos aqueles que participarão da prova, ou simplesmente estarão no local para prestigiar os corredores, vale a pena conhecer este novo ponto de encontro de corredores, com toda a infra-estrutura para carregar as energias, antes da prova, com sucos, frutas, lanches e açaí.

Depois da corrida, o ‘reabastecimento’ pode contar com as inúmeras opções de saladas, massas, grelhados, estrogonofe, pratos executivos e lanches do cardápio.
Conheci o local em julho, na prova dos Bombeiros da corpore e achei muito legal, recomendo!!
E corri com a camiseta e também recomendo!! Passe lá para conhecer e tomar um açaí pós-prova. Se estiver esse calor, vai faltar AÇAÍ!!!
Eduardo Sano, Parabéns pelo Café e pela pronta resposta. Sucesso!!!
Não me inscrevi para essa corrida, apesar de gostar muito do percurso e da organizadora JJS eventos, se estiver esse clima bom até devo aparecer lá para um treino.
1º Motivo da minha NÃO inscrição : Não acho legal ter que rodar SP para retirar o Kit dias antes da prova. Quando a entrega é antecipada, mas no local da corrida até pode ser interessante para testarmos o caminho, onde estacionar, qual a melhor forma de chegar, quais ruas estarão interditadas e essas coisas... Que que tem a ver retirar o Kit na Pamplona para correr no Ipiranga? Turismo em São Paulo eu gosto sem compromisso ou hora marcada.
2º Motivo, não sabia se ia para a Meia do Rio ou não. Agora já sei, não vou!!!